Notícias

Tendência sustentável: vinhos orgânicos de Portugal e Espanha ganham espaço no Brasil

Nos últimos anos, o mercado de vinhos orgânicos tem experimentado um crescimento significativo no mundo todo, incluindo o Brasil. Como observa Andre Luiz Veiga Lauria, empresário com experiência em eventos de grande porte, fundador e CEO da Prixan, empresa com sede em Portugal e que desde 2020, atua na importação e exportação de bebidas, este aumento da demanda reflete uma mudança no comportamento dos consumidores, que estão cada vez mais conscientes dos benefícios de produtos orgânicos e sustentáveis. 

Portugal e Espanha, com suas ricas tradições vinícolas e práticas agrícolas sustentáveis, têm se destacado como grandes fornecedores de vinhos orgânicos para o mercado brasileiro. Neste artigo, vamos explorar um pouco mais dessa tendência que tem se popularizado no território brasileiro.

Leia para saber mais! 

Por que os vinhos orgânicos estão se tornando populares no Brasil?

A popularidade dos vinhos orgânicos no Brasil pode ser atribuída a várias razões. Em primeiro lugar, há uma crescente conscientização sobre os benefícios para a saúde associados ao consumo de produtos orgânicos. Como explica o empresário Andre Luiz Veiga Lauria, os vinhos orgânicos são produzidos sem o uso de pesticidas sintéticos e herbicidas, o que reduz a exposição a resíduos químicos. Além disso, esses vinhos frequentemente contêm menos sulfitos, conservantes que podem causar reações adversas em algumas pessoas.

Quais são os diferenciais dos vinhos orgânicos de Portugal e Espanha?

Portugal e Espanha têm se destacado na produção de vinhos orgânicos, graças ao seu clima favorável e à rica tradição vinícola. Em Portugal, regiões como Alentejo e Douro são conhecidas por suas práticas sustentáveis e vinícolas familiares que produzem vinhos de alta qualidade. A combinação de métodos tradicionais e inovações modernas resulta em vinhos que não só são orgânicos, mas também refletem o terroir único de cada região.

Na Espanha, regiões como La Rioja e Castilla-La Mancha lideram a produção de vinhos orgânicos. Conforme Andre Luiz Veiga Lauria, fundador da Prixan, os produtores espanhóis têm investido significativamente em técnicas agrícolas sustentáveis, como a viticultura biodinâmica, que vai além dos padrões orgânicos tradicionais. Estes métodos não só melhoram a qualidade do vinho, mas também garantem a preservação dos ecossistemas locais.

Como os vinhos orgânicos estão impactando o mercado brasileiro?

O mercado brasileiro de vinhos orgânicos tem mostrado um crescimento constante, impulsionado pela demanda por produtos mais saudáveis e sustentáveis. Importadores e distribuidores têm observado um aumento no interesse dos consumidores por vinhos orgânicos, levando a uma maior oferta de rótulos de Portugal e Espanha nas prateleiras brasileiras. Este aumento na disponibilidade facilita o acesso dos consumidores a opções orgânicas de alta qualidade.

Além disso, segundo enfatiza o idealizador de eventos Andre Luiz Veiga Lauria, eventos e feiras especializadas em vinhos têm promovido a conscientização sobre os vinhos orgânicos, educando os consumidores sobre suas vantagens e diferenciais. Estas iniciativas, juntamente com a presença crescente de vinhos orgânicos em restaurantes e lojas especializadas, estão ajudando a consolidar este nicho no mercado brasileiro, tornando-o uma tendência que veio para ficar.

O crescimento do mercado de orgânicos

O mercado de vinhos orgânicos de Portugal e Espanha está em plena ascensão no Brasil, impulsionado pela crescente conscientização sobre saúde e sustentabilidade. Com consumidores cada vez mais exigentes e informados, a demanda por vinhos orgânicos de alta qualidade deve continuar a crescer. 

Como reitera o empresário e CEO da Prixan, Andre Luiz Veiga Lauria, que carrega consigo a experiência em conectar marcas de bebidas brasileiras na Europa e vice-versa, Portugal e Espanha, com suas tradições vinícolas e compromisso com a produção sustentável, estão bem posicionados para atender a este nicho em expansão, proporcionando aos brasileiros opções cada vez mais diversificadas e saborosas.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo